http://igeologico.sp.gov.br

25/05/18 10:46

Pesquisadoras do IG e do IPT apresentam os resultados finais do Projeto de Pesquisa em Reunião no Sindicato Rural de Bastos

Foto: Tatiana Tavares

Foto: Tatiana Tavares

No dia 23 de maio de 2018, as pesquisadoras Claudia Varnier, do Núcleo de Hidrogeologia do Instituto Geológico (IG/SMA), e Tatiana Tavares, do Centro de Tecnologias Geoambientais (CTGeo) do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), apresentaram os resultados finais do Projeto de Pesquisa intitulado “Avaliação da Contaminação por Nitrato nas Águas Subterrâneas do Sistema Aquífero Bauru, na Área Rural do Município de Bastos (SP)”, em reunião ocorrida no Sindicato Rural de Bastos. O objetivo principal deste estudo consistiu em avaliar e caracterizar a contaminação de nitrato nas águas subterrâneas frente às atividades agropecuárias na área rural do município homônimo, definindo as principais fontes potenciais, bem como a proposição de medidas de mitigação do problema, incluindo boas práticas na avicultura, e de proteção aos recursos hídricos subterrâneos. Salienta-se que esta pesquisa contou com o apoio dos pesquisadores do IG/SMA e está inserida no projeto maior, intitulado “Estudos de Restrições em Aquíferos no Alto Aguapeí e Alto Peixe (Bauru e Guarani)”, cujo tomador de recursos financeiros junto ao Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FEHIDRO) é o IPT, sob a coordenação geral da pesquisadora Tatiana Tavares.

Após a apresentação dos resultados, realizou-se uma discussão do tema em pauta, com enfoque nas propostas de medidas de proteção das águas subterrâneas (p.e. gerenciamento de poços contaminados por nitrato, possibilidade de uso da água contaminada na avicultura, procedimentos sobre proteção sanitária dos poços, perfuração de novas captações, disposição e gerenciamento do resíduo) e as próximas etapas.

A reunião contou com a participação do diretor presidente do Sindicato Rural de Bastos, Sr. Katsushide Maki, além dos senhores Yasushiko Yamanaka e Wellington Koga, ex-diretores da entidade e atualmente representantes efetivos de Bastos junto à Federação da Agricultura do Estado de São Paulo (FAESP).

Em breve, tais resultados serão apresentados em reunião do Comitê de Bacias do Aguapeí-Peixe.