http://igeologico.sp.gov.br

23/04/04 00:00

Sistema de informação para o gerenciamento ambiental dos recursos hídricos subterrâneos na área de afloramento do Aquífero Guarani

Título: Sistema de informação para o gerenciamento ambiental dos recursos hídricos subterrâneos na área de afloramento do Aquífero Guarani

Coordenador: Mara Akie Iritani (Instituto Geológico/SMA)

Programa: Recursos Hídricos Subterrâneos e Meio Ambiente

Equipe: Coordenador Geral: Suani Teixeira Coelho; Coordenadora executiva: Mara Akie Iritani (Instituto Geológico/SMA); Responsável Técnico: Otávio Okano (CETESB); Articulação Institucional: Ana Lúcia Segamarchi; IG: Antonio Carlos Moretti Guedes, Luciana M. R. Ferreira, Mara A. Iritani, Marcia M. N. Pressinotti; CETESB: Cláudio Luiz Dias, Dorothy C. P. Casarini, , José Mário Nogueira dos Santos, Marco Antonio Sanches Artuzo, Otávio Okano, Rosângela Pacini Modesto, Tang Hai Ling Chieh; Instituto Florestal: José Régis Guillaumon, Marco Aurélio Nalon

Período: 1/1/2001 – 4/23/2004 (concluído)

Descrição: O Termo de Cooperação Técnica assinado entre a Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo e a Secretaria de Meio Ambiente, Saúde Pública e Proteção ao Consumidor do Estado da Baviera (Alemanha) buscou a execução de ações e projetos conjuntos, sendo que a concretização desta cooperação se deu na área de recursos hídricos subterrâneos, mais especificamente, no Aquífero Guarani. Na Fase I desta cooperação técnica, ocorrida entre 1999 e 2001, foi promovida uma discussão entre diversos profissionais ligados à área, sobre o estado atual de conhecimento do Aquífero Guarani, resultando na elaboração da proposta de projeto conjunto entre a SMA/SP e o StMLU/Baviera. O projeto, denominado “Sistema Piloto de Informação para o Gerenciamento Ambiental dos Recursos Hídricos Subterrâneos na Área de Afloramento do Sistema Aquífero Guarani no Estado de São Paulo”, teve início em dezembro de 2001 e concretizou a Fase II da cooperação técnica. A área escolhida para o estudo foi o município de Ribeirão Preto devido a importância da água subterrânea para o abastecimento público. Como resultado deste projeto, foi desenvolvido um sistema piloto de informação que reúne os dados espaciais existentes nos diferentes setores/órgãos do sistema de meio ambiente para dar suporte às atividades de proteção do Aqüífero Guarani. A análise das informações obtidas permitiu também recomendar perímetros de proteção de poços e do Aqüífero Guarani, assim como elaborar uma proposta de restrições de atividades a serem aplicadas a estas áreas de proteção.

Clique aqui para ver os relatórios

Fonte de Financiamento: FAPESP, PROCOP e Governo da Baviera

Trabalhos publicados: Obs: nem todas as referências listadas encontram-se no acervo da Biblioteca do IG, consulte os autores para localizar uma cópia do trabalho

IRITANI, M. A. 1999. Mapeamento da vulnerabilidade natural das águas subterrâneas do Estado de São Paulo, com destaque ao Aquífero Guarani. Seminário Internacional Estratégias para o Gerenciamento Ambiental do Aquífero Guarani no Estado de São Paulo. São Paulo. Boletim de Resumos… Secretaria do Meio Ambiente, São Paulo, 33 – 35.

PRESSINOTTI, M. M. N.; GUEDES, A. C. M.; CHIED, T. H. L.; SANTOS, J. M. N.; MODESTO, R. P.; GARSCHHAMMER, R. – 2004 – SIAGuarani – Sistema de Informação para o Gerenciamento Ambiental do Aqüífero Guarani no estado de São Paulo. In: Congresso Brasileiro de Geologia, XLII., Araxá, MG. Boletim de Resumos…Araxá, MG: SBG, 2004. (CD-ROM).

IRITANI, M.A.; SCHULER, G.; DIAS, C.L.; FERREIRA, L.M.R.; GUILLAUMON, J.R.; FRISCH, H.; CASARINI, D.C.P.; TRÖGER, U. 2004. Exploração do Aqüífero Guarani e os impactos ao nível d’água em Ribeirão Preto – Brasil. Congress International Association of Hydrogeologists, 33. Anais…IAH. Zacatecas, México. Meio magnético.

DIAS, C.L.; IRITANI, M.A.; GUILLAUMON, J.R.; CASSARINI, D.C.P.; OKANO, O.; FERREIRA, L.M.R.; FRISCH; H.; TRÖGER, U.; SCHULER, G. 2004. Restrições de uso e ocupação do solo em áreas de proteção de aqüíferos: conceitos, legislação e proposta de aplicação no estado de São Paulo. CONGRESSO BRASILEIRO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, 13. Anais… Associação Brasileira de Águas Subterrâneas. Cuiabá, Mato Grosso. Meio magnético.

FERREIRA, L.M.; IRITANI, M.A.; PRESSINOTTI, M.M.N.; DIAS, C.L.; CASARINI, D.C.P.; SILLES, F.S. 2006. Avaliação Preliminar da ocorrência de nitrato nas águas subterrâneas no município de Ribeirão Preto, SP. In: ABAS, Congr. Bras. Águas Subterrâneas,14, Curitiba, Anais, 18 p. (CD-ROM).